Postado em Aug 16, 2019

Nutricionista Fernando Castro

Nas luta de solo, ou lutas agarradas, como Judô, Jiu-jitsu, Wrestling, Luta livre há como característica os períodos de explosão muscular e muita contração isométrica, sendo normalmente necessário o uso de força contínua, embora isso possa ser alterado de acordo com a característica e peso dos atletas, já que os atletas mais leves podem fazer mais uso da velocidade.
Para esses atletas é necessário o entendimento do professor e do nutricionista para entender a característica que cada estilo de luta necessita em relação ao aspecto nutricional.
De forma geral são mais recomendados os carboidratos integrais (pães integrais, granola, frutas in natura, arroz integral), que tem sua absorção mais lenta, reduzindo a sensação de fadiga e oferecendo energia para o momento do treino, A oferta de proteína também é importante para ajudar na reparação tecidual, já que esses esportes provocam um grande desgaste muscular, preferindo para isso carnes magras, laticínios e suplementos, com teor de lipídios reduzido para não dificultar e atrasar a absorção e regeneração muscular, deixando o atleta pronto para nova sessão de treino.
As competições são divididas por categorias de peso, por isso um acompanhamento nutricional constante é necessário para oferecer uma boa composição física, evitando as lutas com atletas mais pesados.
A suplementação com creatina se mostra muito indicada para esses lutas, mas deve ser avaliada por médicos e nutricionistas.
Bons treinos.
Entrar em contato
Mensagem enviada. Entraremos em contato com você em breve.